Transferência da carteira de motorista brasileira para a Alemanha

A carteira de motorista brasileira é válida na Alemanha durante um período de 6 meses contados a partir da sua chegada. Após este período, se permanecer no país e quiser dirigir um automóvel, você deverá frequentar uma autoescola e solicitar a transferência da sua carteira para a Alemanha.

Estou passando por esse processo no momento  e tenho duas coisas a declarar: 

  • obter a permissão para dirigir na Alemanha custa caro;
  • existe toda uma burocracia chata (ok, isso é uma redundância) e é preciso ter uma boa dose de paciência e dedicação.

No início, achava um tanto quanto ridículo voltar à autoescola mesmo tendo muitos anos de carteira. Até brincava, dizendo que os alemães achavam que desaprendemos a dirigir depois de 6 meses aqui! Mas agora percebi que há um sentido por trás disso tudo: dirigir na Alemanha é sim bem diferente de dirigir no Brasil.

Ainda não iniciei as aulas práticas nas ruas nem no simulador. Mas ao estudar para a prova teórica, vi que há diferenças significativas não só na sinalização, mas também na maneira de agir no trânsito (as preferenciais seguem uma outra lógica e você não pode apenas confiar nos espelhos, por exemplo).

Como tudo por aqui, o sistema de trânsito é complexo e cheio de regras. E você precisa conhecê-las muito bem para ser um bom motorista.

Para quem tiver interesse, adianto que o processo de transferência da carteira do Brasil para a Alemanha consiste nos seguintes passos:

  • Tradução juramentada da carteira brasileira na ADAC.
  • Matrícula numa autoescola de sua preferência. Neste momento você receberá o acesso a um site/aplicativo para treinar para a prova teórica. Você também poderá frequentar as aulas presenciais na autoescola, mas isso não é obrigatório.
  • Curso de Primeiros Socorros (são 7 horas e meia de aula em um único dia) – ufa!
  • Exame de vista (pode ser feito em qualquer ótica)
  • Levar documentos ao “Detran” daqui para investigação do seu passado ao volante: carteira de motorista brasileira original, foto de passaporte, certificado do curso de primeiros socorros, comprovante de pagamento de taxas, comprovante de matrícula na autoescola e de registro na cidade de residência (Anmeldung).
  • Prova teórica (você escolhe a língua em que prefere fazer a prova)
  • Aulas práticas e no simulador (são opcionais para quem tem carteira válida no Brasil, mas importantes para pegar dicas do que os examinadores exigem na prova teórica)
  • Prova prática (somente em Alemão)

Importante dizer que para tirar a primeira habilitação na Alemanha, as regras e etapas são outras. Além disso, prepare o bolso: a primeira habilitação custa ainda mais caro do que a transferência!

Enfim, espero passar logo por esse (longo) processo para, muito em breve, ter em mãos a minha carteira de motorista alemã!

Vai pra Alemanha?
Não deixe de incluir Munique no seu roteiro e de conhecer os nossos tours personalizados para brasileiros na cidade!

Teremos um imenso prazer de levar você pessoalmente para explorar o melhor da cidade e da região da Baviera!

Veja aqui o depoimento de brasileiros que já passearam conosco!

Sobre Márcia Oliveira 79 Artigos
Márcia Oliveira é uma carioca completamente apaixonada por viagens. Atualmente mora em Munique, na Alemanha, onde trabalha como guia de turismo para brasileiros. É formada em jornalismo, tem paixão por fotografia e tecnologia. Ama a família e os animais. Aprecia as coisas simples da vida. E adora escrever no blog e receber mensagens dos leitores!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*