Viajar para a Europa no inverno: vale a pena?

Muita gente me pergunta: “Vale a pena viajar para a Alemanha e outros países da Europa no inverno?” E eu normalmente respondo: “Vale a pena viajar pra esses lugares em qualquer estação do ano!”

Pela paisagem e pela minha animação nesta foto, você ainda tem dúvidas se vale a pena enfrentar um friozinho?
Pela paisagem e pela minha animação nesta foto, você ainda tem dúvidas se vale a pena enfrentar um friozinho?

Sim, porque cada uma das quatro estações tem o seu encanto. E bem diferente do que estamos acostumados no Brasil, aqui as estações por aqui são bem marcadas, e é muito curioso perceber a passagem delas através das mudanças que são visíveis na natureza.

A primavera tem os parques cheios de flores e o clima ameno; o verão vem com os dias longos e quentes; o outono traz as mais diversas tonalidades douradas para a paisagem; e o inverno traz o frio e normalmente a neve, que, para nós brasileiros, é sempre uma novidade e uma diversão.

Eu preparei uma lista de prós e contras pra ajudar a você que está em dúvida se vale a pena gastar seu suado dinheirinho pra viajar pra Europa no inverno. Vamos à ela?

PRÓS: as vantagens de viajar para a Europa no inverno

  • Os hotéis estarão com promoções e isso pode significar uma boa economia na sua viagem. Alguns deles chegam a oferecer descontos de até 50%. Nada mal, não?
  • Sabe aquelas filas quilométricas que fazem os turistas perder um valioso tempo de suas viagens na alta temporada? Pois é, no inverno você tem acesso mais rápido às atrações, justamente porque a competição pelas atrações é muito menor.
  • O frio europeu tem o seu charme, ainda mais quando significa uma oportunidade de escapar do auge do verão no Brasil. Sim, porque quando o maçarico está ligado a toda lá no Brasil, aqui é inverno. Você poderá finalmente tirar aquele sobretudo de lã que fica guardado lá no fundo do armário e curtir o inverno com muito estilo. Ah, e é claro, você também poderá tirar fotos incríveis tomando um chocolate quente (ou brincando de anjinho na neve) e postar nas suas redes sociais, fazendo com que seus amigos morram de inveja enquanto estão torrando lá do outro lado do planeta!!! 🙂
  • Já ouviu dizer que só sente frio quem não se veste adequadamente? Pode acreditar, isso é 100% verdade! A ideia é simples: vista-se em camadas e você poderá controlar melhor a temperatura ideal para o seu corpo acrescentando ou retirando as roupas com mais facilidade. Com um bom casaco, você já está com meio caminho andado. Se for para um lugar com neve, leve um sapato impermeável, luvas que realmente esquentem e um gorro que cubra os ouvidos. Um cachecol também ajuda bastante a reduzir a sensação do frio no rosto.
    Praticamente todos os ambientes são climatizados na Europa. Isso significa que você não sentirá frio no seu hotel, ao fazer sua refeição em um restaurante, ao visitar um museu ou no transporte público. Pelo contrário, é possível até que sinta calor ao entrar nesses locais – e é até recomendável tirar algumas camadas de roupa nos ambientes aquecidos.
  • As passagens aéreas costumam ser mais baratas para viajar para a Europa no inverno (e também para viagens entre os países europeus) e as principais atrações também podem dar descontos significativos para atrair turistas.
  • Você se cansa muito menos em temperaturas frios e provavelmente conseguirá caminhar por mais tempo em comparação aos dias quentes do verão, por exemplo.

CONTRAS: as desvantagens de viajar para a Europa no inverno

  • Pois é, os dias são bem mais curtos no inverno europeu… Deixa eu explicar direito: eles continuam durando 24 horas! Mas o que quero dizer é que às 16h já começa a escurecer e que às 8h da manhã ainda é noite em algumas épocas. Isso costuma nos deixar mais sonolentos e com uma percepção diferente da passagem das horas e do aproveitamento do dia. Às vezes achamos que já é muito tarde, que o dia já está prestes a acabar, mas, quando olhamos o relógio, ainda são 19h ou 20h.
  • A maioria atrações têm horário limitado de funcionamento. Isso acontece porque existem menos turistas em comparação com as outras épocas do ano. Mas isso também não significa que você não possa aproveitá-las. É só uma questão de se programar pra maximizar o seu tempo!
  • A neve pode transformar completamente a paisagem e nos encantar com sua beleza. Mas ela pode também trazer problemas quando cai em excesso, o que pode acontecer em alguns dias mais frios do inverno, tornando a sua locomoção a pé (e até mesmo através do transporte público) mais difícil.
  • Alguns pontos turísticos podem não estar em funcionamento por causa do clima (principalmente os que têm as áreas externas como principal atração).

Bom, como vocês podem ver, eu tentei ser bem imparcial, mas acabei listando mais pros do que contras (rs!). Mas acredite: viajar para a Europa no inverno pode ser bem legal e prazeroso!

Agora que você já tem minha opinião, cabe a você decidir se vale mesmo a pena embarcar em uma aventura pelo inverno europeu!

Sobre Márcia Oliveira 80 Artigos

Márcia Oliveira é uma carioca completamente apaixonada por viagens. Atualmente mora em Munique, na Alemanha, onde trabalha como guia de turismo para brasileiros. É formada em jornalismo, tem paixão por fotografia e tecnologia. Ama a família e os animais. Aprecia as coisas simples da vida. E adora escrever no blog e receber mensagens dos leitores!

2 Comentário

  1. Olá Márcia, bom dia! Vou realizar um sonho de ir para a Alemanha no Natal e Ano Novo. Tenho todos os meus parentes aí. Todas as vezes que fui pra Alemanha foi no verão e agora estava com uma sensação muito ambígua: feliz por ver neve e preocupada com o frio. Não sou jovem, tenho 74 anos e emigrei para o Brasil com 7 anos. Após ler o teu blog fiquei bem animada e com menos medo do frio pelas dicas preciosas de como me vestir para não sentir frio! Obrigada!

    • Olá Ingeborg!
      Fico feliz que as dicas tenham sido úteis! Meus pais têm a sua idade e já vieram pra cá no inverno. Estando bem agasalhada (com roupa adequada para o frio que faz aqui) realmente não há o que temer. Aproveite muito o reencontro com a família! Abraços!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*