Natal na Alemanha: tradições, decoração e curiosidades

Uma dica pra você que ama o Natal: você tem que vir curtir o clima delicioso de Natal na Alemanha pelo menos uma vez na vida! Como eu amo esta época! E quase todo mundo que eu conheço também fica ansioso pro fim de ano chegar logo!

O Natal na Alemanha começa bem antes do dia 24 de dezembro! Com a chegada do Advento, no final de Novembro, as ruas começam a ficar iluminadas, os mercados de Natal são inaugurados, as vitrines dão um clima especial às cidades – e o cheirinho de Glühwein (vinho quente com especiarias) e das amêndoas carameladas começa a tomar conta do ar.

 Confira a seguir em detalhes como é o Natal na Alemanha, e veja como ele é, por vezes, bem diferente do Natal do Brasil – começando pelo clima gelado que temos aqui nesta época do ano! 
Natal na Alemanha
O Natal é uma época simplesmente mágica para visitar a Alemanha

Leia também:
O que fazer em Munique: 4 roteiros imperdíveis
Onde comer em Munique: dicas de restaurantes e cafés 100% aprovadas
Bate-volta de Munique: 6 ideias de passeio saindo da capital da Baviera

Tradições de Natal na Alemanha

O Calendário do Advento

calendário do Advento
Sacolinhas do Calendário do Advento

A ideia do calendário do advento é fazermos uma contagem regressiva até a véspera do Natal. A contagem começa sempre no dia 1º de dezembro e vai até o dia 24. A cada dia você abre uma janelinha/uma sacolinha e encontra uma surpresa.

Dizem que o calendário do advento foi inventado pelos luteranos no século XIX, no norte da Alemanha. Mas depois os católicos também aderiram à ideia também. As versões originais tinham citações bíblicas em cada janelinha, a cada dia.

Hoje eles podem conter temperos, chás, perfumes, brinquedos, maquiagem, cartões de loterias – e até mesmo cerveja! Aliás, sabiam que até a joalheria Tiffany já inventou um calendário do advento com joias? Mas a versão mais popular é a que vem com chocolates – tanto as crianças quanto os adultos amam!

Aqui na Alemanha você pode comprar um calendário pronto ou fazer o seu próprio em casa. No Brasil, o calendário do advento ainda não é tão difundido, mas, quem sabe, você não pode iniciar essa tradição junto a sua família?

A Coroa do Advento

Coroa do Advento
As velas da tradicional Coroa do Advento

Assim como o calendário do advento, coroa do advento também uma contagem regressiva para o Natal, pro dia em que se comemora o nascimento do menino Jesus. Ela é composta por 4 velas, geralmente de tamanhos diferentes, e que devem ser acesas a cada domingo. A primeira vela é acesa 4 domingos antes do Natal. E então a cada domingo você vai acendendo mais uma.

A coroa do advento foi inventada no século XIX por um teólogo evangélico alemão. Ela era feita de madeira e tinha 24 velas – uma para cada dia do Advento. A luz das velas tem um significado relacionado ao nascimento do menino Jesus, “a luz do mundo”. A coroa também simboliza a eternidade da vida.

Hoje em dia existem vários formatos de coroa do advento, que pode ser um arranjo ou simplesmente quatro velas. Aqui na Alemanha elas são vendidas até mesmo em supermercados e você mesmo pode fazer a sua.

Dia de São Nicolau

Dia de São Nicolau
Presentinhos deixados pelo São Nicolau para quem se comportou bem durante o ano

O dia 6 de dezembro é muito esperado pelas crianças aqui na Alemanha! É o dia de São Nicolau, um bispo da Turquia que viveu no século IV, e que inspirou a figura do Papai Noel. Ele ficou conhecido pela sua generosidade com os pobres e com as crianças.

Seguindo a tradição, as crianças devem limpar seus sapatos colocá-los na porta de casa na noite do dia 5/12. No dia seguinte, elas acordam com o sapato cheio de chocolates, balas, nozes, tangerinas, biscoitinhos e outros pequenos mimos.

Algumas famílias e escolas contratam o São Nicolau para uma visita em pessoa. Ele tem um livro com todas as informações sobre o comportamento das crianças ou pergunta se elas se comportaram bem e, em caso positivo, dá os presentinhos. Caso tenham sido desobedientes, elas podem ganhar apenas carvão ou batatas.

O problema é que, em alguns lugares, o São Nicolau pode vir acompanhado de um ajudante um tanto quanto assustador, o Krampus ou Knecht Ruprecht, uma figura mitológica assustadora, com garras afiadas e equipada com sinos e chicotes.

Krampus
O ajudante monstruoso do São Nicolau, chamado de Krampus ou Knecht Ruprecht

Aqui em Munique temos todos os anos o desfile de vários grupos de cidades diferentes da Baviera e da Áustria, com mais de 400 integrantes. Eles se fantasiam de Krampus e saem pelo centro histórico dando chicotadas e mexendo com as crianças e adultos que estão por perto. Esses monstros são feios e assustadores, mas, na verdade, eles só querem brincar.

As fantasias de Krampus pesam muito. Só a máscara chega a pesar 10 kg! E elas custam entre 1800 e 2500 Euros. Mas a tradição do Krampus, que tem mais de 500 anos e que teve origem nos Alpes, não pode morrer.

E eu preciso confessar uma coisa a vocês:o desfile dos Krampus é um dos meus programas prediletos de final de ano aqui na Alemanha!


Decoração de Natal na Alemanha

A decoração de Natal dá um clima mágico ao Natal na Alemanha. As ruas iluminadas, as vitrines temáticas, as barraquinhas dos mercados de Natal… Tudo tão lindo! E, é claro, as pessoas enfeitam suas casas com uma decoração natalina que inclui enfeites bem típicos, como vocês poderão ver a seguir.

Pinheiros de Natal: só se for natural!

Enfeitar o pinheiro é um dos pontos altos do Natal na Alemanha!

Aqui na Alemanha as árvores passaram a ser o principal símbolo de Natal dos protestantes depois da Reforma de Lutero, enquanto o presépio era a principal representação do Natal para os católicos. Mas desde o século XIX, não existe mais essa separação e a árvore de Natal é o principal símbolo do Natal na Alemanha, independentemente da religião de cada família.

A maioria dos alemães utiliza pinheiros naturais em casa. Mais de 29 milhões de pinheiros são comprados anualmente. Poucas pessoas têm em casa a árvore de Natal artificial.

Os pinheiros são enfeitados em um ritual familiar na época do Advento ou na véspera de Natal. Para decorar os pinheiros geralmente são usadas velas, bolas, anjos ou até mesmo enfeites feitos com uma espécie de pão de mel com especiarias.

Os pinheiros podem ser comprados em uma fazenda de pinheiros (onde eles podem ser cortados pelos próprios donos) ou em mercados temporários a céu aberto, onde você escolhe o tamanho e o tipo do pinheiro. E esse momento da compra é também um programa de família.

Pirâmide de Natal

Pirâmide de Natal
Um dos enfeites mais típicos do Natal na Alemanha é a “Pirâmide de Natal”.

A Pirâmide de Natal está por todos os lados no Natal da Alemanha. Ela é feita de madeira e conta com uma estrutura giratória que lembra um carrossel. Ela pode ter um ou vários andares e, normalmente, tem um presépio em seu interior ou elementos que remetam ao período do Natal, como o Papai Noel. A pirâmide tem também em sua base locais para você colocar e acender velas. E no alto dela, fica uma hélice, que é movida pelo calor das velas e que faz o “carrossel” girar continuamente.

Nos mercados de Natal em toda a Alemanha é comum encontrarmos réplicas gigantes das pirâmides de Natal. Lá você também pode comprar a sua pirâmide, assim como em lojas que vendem enfeites de Natal.

Os Quebra-Nozes

Quebra-nozes

Praticamente todas as famílias alemães têm um quebra-nozes de madeira em formato de soldadinho, rei ou cavaleiro.

Geralmente ele só serve mesmo para decorar, mas alguns desses bonequinhos podem sim ser usados como verdadeiros quebradores de nozes. Basta acionar uma alavanca em suas costas e posicionar a noz na sua boca.

O Candelabro natalino (“Schwibbogen”)

O candelabro natalino é um arco vazado iluminado com velas ou pequenas lâmpadas, que é utilizado para decorar as janelas das residências durante as festas de fim de ano.

Ele remonta ao tempo em que as pessoas colocavam velas na janela para iluminar as ruas escuras e ajudar os trabalhadores a encontrarem o caminho de volta para casa.

Curiosidades sobre o Natal na Alemanha

Existem muitas semelhanças, mas também muitas diferenças entre o Natal na Alemanha e no Brasil. Confira algumas curiosidades sobre a época mais gostosa do ano aqui na Alemanha!

Nem sempre é o Papai Noel quem traz os presentes

Presentes de Natal

No Brasil, a maioria das crianças escreve uma cartinha para o Papai Noel quando o fim do ano se aproxima. Na Alemanha, algumas fazem o mesmo. Mas, dependendo da região, há crianças que escrevem e enviam sua lista de desejos ao “menino Jesus”.

Mais ao Norte da Alemanha, predomina a figura do Papai Noel. Já mais ao sul, a tradição do Menino Jesus dar os presentes é mais comum.

Mas o Menino Jesus que traz os presentes na véspera de Natal não é exatamente aquela figura de bebê que conhecemos deitado na manjedoura. Ele se assemelha a um anjo, representado geralmente por uma adolescente, com asas e cachos dourados.

Ceia de Natal na Alemanha

ceia de Natal na Alemanha
Pratos de preparação rápida são os preferidos da ceia de Natal

Muita gente me pergunta o que se come na ceia de Natal na Alemanha. Na verdade, cada família escolhe o seu prato favorito.

Mas, pesquisas mostram que até 50% das famílias prepara salsicha com salada de batatas para servir no dia 24 de dezembro. É um prato prático e rápido de fazer. Assim sobra tempo pra cuidar da decoração da árvore, cantar músicas de Natal, abrir os presentes e curtir a família!

Outras opções rápidas e simples são raclete e fondue. Há também as famílias que comem carpa. O ganso assado ou pato assado também são bastante populares e servidos com bolas de purê de batata e com repolho roxo.

De sobremesa, não podem faltar os biscoitinhos decorados, os pães de mel com especiarias e o Stollen, o panetone alemão!

No almoço do dia 25 a comilança continua. Quem fez algo mais prático no dia 24, costuma fazer um assado, um prato mais elaborado para comemorar o de Natal com a família e amigos.

Feriados de Natal: 3 dias de festa

feriados de Natal
Também é feriado na Alemanha no dia 26 de dezembro!

Diferente do Brasil, aqui na Alemanha nós comemoramos o Natal durante 3 dias!

O dia 24 é a véspera do Natal e não é um feriado por lei. Algumas pessoas tiram férias, outras trabalham até a metade do dia. As lojas e supermercados abrem também até um determinado horário à tarde para as pessoas fazerem as últimas compras antes da ceia e da missa da véspera de Natal.

No dia 25, dia oficial do Natal, é feriado nacional e praticamente nada abre – o comércio, a maioria dos restaurantes e atrações ficam fechadas. As pessoas ficam em casa ou se reúnem com as suas famílias.

Além disso, aqui na Alemanha (e em vários países da Europa) também é feriado no dia 26 de dezembro. É o feriado pós-Natal, mas, oficialmente, é o dia de São Estevão, o primeiro mártir do cristianismo. É o dia do descanso depois das festividades, de voltar pra casa depois de visitar a família em outra cidade ou de fazer um passeio legal na cidade ou nas redondezas.

Neve no Natal

neve no Natal da Alemanha
Todos os anos, ficamos sonhando com um Natal branquinho!

Muitas pessoas veem as fotos e vídeos dos mercados de Natal e das cidades decoradas pro final de ano e falam pra mim: “Deve ser lindo passar um Natal na Alemanha com neve!”. Pois é, mas, desde que eu me mudei pra Alemanha em 2015 eu só peguei um Natal branquinho por aqui, em 2020.

A gente costuma sim ter dias com neve em dezembro (às vezes até antes), mas, justamente no dia do Natal ou na véspera, ela normalmente não dá as caras por aqui. E não é por falta de torcida! Todos os anos as pessoas ficam ansiosas pra saber como será o tempo nos dias de Natal e, normalmente, os meteorologistas preveem chance de pouca precipitação na data.

Dizem que há cerca de 10/15 anos, era comum ter neve no Natal aqui na Alemanha. Mas, com o aquecimento global, os invernos têm sido cada vez menos frios e com menos neve. E parece que essa é uma tendência que veio pra ficar.

Mas sim, eu acho uma delícia passar o Natal com o clima frio. Preparar a ceia com uma temperatura amena é um sonho! Eu recomendo a experiência, pelo menos uma vez na vida. Não só pelo clima frio, mas por toda a atmosfera mágica que as cidades alemãs ficam no final do ano.

Bolas de Natal

bolas de Natal
As bolas de Natal surgiram na Alemanha!

Você sabia que as bolas que enfeitam a árvore de Natal tiveram, supostamente, sua origem na Alemanha?

Dizem que um pobre soprador de vidro da cidade de Lauscha, no leste da Alemanha, criou as bolas de vidro em 1847, porque não tinha dinheiro para comprar as tradicionais nozes, maçãs e tâmaras para enfeitar sua árvore.

A partir de 1848, as bolas passaram a ser fabricadas em maior escala, em cores diferentes e tamanhos variados. E assim surgiu a tradição de enfeitar o pinheiro de Natal com bolas de vidro.

Até hoje, a região de Lauscha, no estado da Turígia, é um dos mais importantes centros de fabricação de vidro na Europa Central, sendo, inclusive, a principal referência na produção de enfeites natalinos em vidro.

Mas, voltando a falar das bolas de Natal: de vidro ou de plástico, elas fazem parte da tradição de fim de ano em muitos países. De cores berrantes ou clássicas, multicoloridas ou de uma cor só, elas também acompanham as tendências da moda e dão vida à árvore de Natal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *