50 curiosidades sobre a Alemanha: cultura, leis, costumes – e muito mais!

Se você vai viajar ou na Alemanha, vale a pena conhecer um pouco mais sobre a cultura, os hábitos e tradições do país – as principais curiosidades sobre a Alemanha. Ah, e é claro: vale a pena também saber um pouco mais sobre suas leis – embora algumas pareçam bem inusitadas, como você verá a seguir!

Leia também:
> Cultura alemã: o que me irrita na Alemanha <
> Como irritar um alemão <

Curiosidades sobre a Alemanha

Confira abaixo mais de 50 curiosidades sobre a Alemanha e se surpreenda com os dados desse país que cada vez mais conquista os brasileiros!

 Turismo na Alemanha

  • O Zugspitze é o ponto mais alto, com 2.962 metros acima do nível do mar, na fronteira alpina com a Áustria.
  • A Rota Romântica da Alemanha data dos anos 50, quando o objetivo era desenvolver o turismo no país após a Segunda Guerra.
  • A Oktoberfest de Munique é considerada a maior festa popular do mundo. Ela reúne mais de 6 milhões de pessoas em sua edição anual.
  • O Castelo Neuschwanstein (também conhecido por ser o “Castelo da Cinderela da Alemanha”) recebe cerca de 1,5 milhão de turistas/ano, número que aumenta a cada ano.

Leia também:
> Zugspitze na Alemanha: a montanha mais alta do país <
> Castelo da Cinderela na Alemanha: um guia completo para o Castelo Neuschwanstein <
> Rota Romântica da Alemanha: guia completo <

Zugspitze na Alemanha
Zugspitze, o ponto mais alto da Alemanha

Território da Alemanha

  • Alemanha faz fronteira com nove países: Dinamarca, Holanda, Bélgica, Luxemburgo, França, Suíça, Áustria, República Tcheca e Polônia.
  • A República Federal da Alemanha é constituída por 16 estados federados.
  • A Baviera é o maior Estado da Alemanha com 7.000 km quadrados.
  • A maior cidade da Alemanha é Berlim, com cerca de 3 milhões e 700 mil habitantes.
Berlim, Alemanha
O Portão de Brandemburgo em Berlim, capital e maior cidade da Alemanha

População da Alemanha

  • Com 83 milhões de habitantes no final de 2018, a Alemanha é o país mais populoso da Europa, superado apenas pela Rússia.
  • A expectativa média de vida para crianças nascidas em 2017 na Alemanha era de 83,2 anos para mulheres e de 78,4 anos para homens.
  • Em 2016, o país tinha entre os então 82,5 milhões de habitantes 21,9 milhões de evangélicos de confissão luterana, 23,582 milhões de católicos e 99 mil judeus.

Leis na Alemanha

  • Cachorros pagam imposto na maior parte das cidades da Alemanha. O valor varia de acordo com a raça, comportamento e com a cidade.
  • Pedestres podem ser multados se atravessarem a rua antes de o sinal fechar. Além disso, se assim o fizerem, são vistos como péssimo exemplo para as crianças – e até mesmo chamados atenção pelos transeuntes.
  • Diariamente, a partir das 22 horas vigora a lei do silêncio, que dura até as 7h do dia seguinte. Ou seja, você não pode incomodar seus vizinhos passando aspirador na casa, fazendo festas ou reparos. Além disso, domingo é o dia do descanso (“Ruhetag”) – nada de fazer barulho também, assim como nos feriados.
  • Ciclistas e condutores de patinetes elétricos pagam multas e podem perder pontos na carteira de motorista ao cometerem infrações, como avanço de sinal de trânsito.
  • Um alemão ou estrangeiro residente no país é obrigado a ter um plano de saúde – a menos que ele comprove que não tem condições financeiras de pagar por ele. Crianças e jovens de até 18 anos utilizam o plano de saúde dos pais – ou seja, não pagam por isso.
  • Em vários estados da Alemanha é proibido ouvir música e dançar em público na Sexta-feira Santa.

Leia também:
> Morar na Alemanha: idioma, moradia, trabalho – e muito mais! <
> Cachorro na Alemanha: adoção, adestramento e imposto <

Cachorro na Alemanha
Até os cachorros pagam impostos na Alemanha!

Invenções alemãs

  • A garrafa térmica, o filtro de café, a furadeira elétrica, a bucha plástica para paredes e o creme dental são invenções alemãs.

Hábitos e Costumes dos alemães

  • Ao contrário do Brasil, na Alemanha quem faz aniversário é quem normalmente oferece um bolo para os colegas de trabalho.
  • “Cinco minutos antes da hora é a pontualidade alemã”. De fato, as datas, os compromissos, os horários de trem ou até mesmo os encontros pessoais possuem na Alemanha o peso de um juramento sagrado.
  • Ao brindar na Alemanha, você diz “Prost!” E é de bom grado que olhe nos olhos das pessoas que estão brindando – dizem que dá sorte no amor.
  • Ao final do expediente, os alemães dizem “Feierabend!”
  • Não se costuma entrar em casa usando sapatos – por isso cuidado com a meia furada!
  • Os limpadores de chaminés são tidos como um símbolo da sorte na Alemanha!
  • O ingresso no ensino fundamental é motivo de comemoração na escola e entre a família. As crianças recebem de presente um cone cheio de doces, artigos escolares ou até brinquedinhos(“Schultüte”) para marcar com alegria o início daquele ciclo tão importante em sua vida!
  • Os alemães amam adicionar água com gás em qualquer suco. Assim preparam o “Schorle” – que fica com gosto de refrigerante, sem tanta química.
  • Alemães amam a cultura do “faça você mesmo”. Por isso, as lojas de construção estão sempre cheias. Aqui custa muito caro contratar qualquer tipo de mão de obra especializada para realizar reparos, mesmos os mais simples.
  • Existem o feriado da pós-Páscoa (segunda-feira após o Domingo de Páscoa) e o feriado do pós-Natal (dia 26 de dezembro).
  • Na Alemanha existe o consenso de que ficar “fungando” quando se está resfriado é falta de educação. Por isso, os alemães não têm qualquer cerimônia para assoar o nariz em público, mesmo que seja à mesa.
  • Estalar as mãos e os dedos pode soar como falta de educação!
  • Nos supermercados e lojas em geral praticamente não há filas – os operadores do caixa são extremamente ágeis ao registrar as compras. E nada de demorar para pagar: o caixa e as pessoas que estão atrás de você na fila não verão isso com bons olhos!

Leia também:
> Compras em Munique: um guia completo para todos os bolsos <
> Compras na Alemanha: dicas sobre trocas, sacolas e pagamento <

compras-supermercado-Alemanha
Praticamente não há filas nos supermercados, graças à agilidade dos operadores dos caixas

Cerveja alemã

  • 7% da população alemã consome cerveja diariamente.
  • Há mais de 5.500 marcas de cerveja na Alemanha
  • Existe uma cerveja chamada Radler (cerveja clara misturada com Sprite/7Up). Os experts consideram que o correto é misturar 60% da cerveja com 40% do refrigerante. Há também a Russ (cerveja de trigo misturada com Sprite/7Up)
  • Cada alemão consome, por ano, cerca de 105 litros de cerveja. Acha que é muito? Estatísticas mostram que na década de 1960, por exemplo, o consumo anual ultrapassava os 150 litros/pessoa.

Leia também:
> Hofbräuhaus de Munique: a cervejaria mais famosa do mundo <
> Biergarten: o tradicional jardim da cerveja alemão <

cervejaria de munique
Cerveja na Alemanha é coisa séria!

Transporte e direção na Alemanha

  • Não há pedágios nas estradas alemãs. Maravilha, não?
  • A Rede ferroviária tem mais de 33 mil km.
  • Não há limite de velocidade nas autoestradas, com exceção dos trechos com sinalização restritiva. A velocidade recomendada em uma Autobahn é de 130 km/h. Velocidades máximas permitidas: dentro do perímetro urbano: 50 km/h e fora do perímetro urbano: 100 km/h.
  • Não há catracas no transporte publico. Você deve comprar o tíquete e guardá-lo com você, caso um fiscal venha pedi-lo. Caso não esteja com um tíquete válido no metrô, ônibus, bonde ou trem urbano, por exemplo, a multa será de 60 Euros por pessoa.
  • Os carros na Alemanha devem trocar os pneus antes da chegada do inverno para pneus mais estáveis e aderentes às rodovias congeladas.
  • Brasileiros que vêm morar na Alemanha precisam fazer a transferência da carteira de motorista, fazendo novamente as provas teórica e prática de direção. Só é permitido dirigir com a carteira brasileira nos primeiros seis meses de residência no país.

Leia também:
> Transporte público de Munique: como se locomover na cidade <

onde ficar em Munique próximo ao transporte público
O transporte público na Alemanha não funciona com catracas – a entrada é livre e tudo funciona na base da confiança!

Economia da Alemanha

  • Metade do território da Alemanha é aproveitada pela agricultura
  • Em média, cada família na Alemanha dispõe de uma renda bruta de 4 474 euros mensais. Subtraindo os impostos e as taxas, restam ainda 3 399 euros.
  • 54% dos alemães moram em apartamentos de aluguel – tantos como em nenhum outro país da Europa. Somente cerca de 46% possuem uma casa ou um apartamento.
  • Segundo as estimativas, cerca de 1,3 milhão de pessoas na Alemanha alimentam-se de forma vegana e 6,3 milhões são vegetarianos.
  • As cinco maiores empresas alemãs listadas na bolsa de valores, segundo o volume de vendas: Volkswagen, Daimler, Allianz, BMW e Siemens.
  • O motor da economia alemã são as pequenas e médias empresas, ou seja, as empresas que têm um volume de vendas anual abaixo de 50 milhões de euros e menos de 500 empregados. Elas representam 99,6 por cento das empresas alemãs.
  • Os maiores empregadores alemães são a Volkswagen (642 mil empregados no mundo todo), o Correio Alemão (519 mil), a Robert Bosch (402 mil), o grupo empresarial Schwarz (comércio, 400 mil) e a Siemens (372 mil).
BMW em Munique
A BMW é um dos maiores empregadores em Munique

Meio ambiente na Alemanha

  • Alemanha é campeã mundial em reciclagem de lixo. Mas é também o país europeu que mais consome plástico.
  • A água da torneira é potável. Mesmo assim, os alemães amam água com gás engarrafada. Existem, inclusive, níveis para a quantidade de gás na água: leve, moderado e alto.
Meio ambiente na Alemanha
Parque Olímpico de Munique no Outono

Mais algumas curiosidades sobre a Alemanha

O Canal Alemanizando tem um vídeo excelente sobre outras 50 curiosidades sobre a Alemanha! Não deixe de assistir!

E se você conhece outras curiosidades sobre a Alemanha, colabore com este post e deixe sua mensagem nos comentários abaixo! 🙂

Curiosidades sobre a Alemanha
50 curiosidades sobre a Alemanha
Sobre Márcia Oliveira 117 Artigos
Márcia Oliveira é uma carioca completamente apaixonada por viagens. Atualmente mora em Munique, na Alemanha, onde trabalha como guia de turismo para brasileiros. É formada em jornalismo, tem paixão por fotografia e tecnologia. Ama a família e os animais. Aprecia as coisas simples da vida. E adora escrever no blog e receber mensagens dos leitores!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*