Inverno na Alemanha: como se vestir para não passar frio

Eu trabalho como guia para brasileiros e, durante os passeios, presencio muitas situações em que o turista brasileiro subestima o frio que faz por aqui. Por isso, resolvi escrever algumas dicas sobre como se vestir no inverno na Alemanha para que você possa aproveitar a sua viagem no período mais frio com maior conforto e menos preocupações. Vamos lá!

Acessórios para a cabeça

Inverno na Alemanha - Como se vestir

Um gorro que cubra as orelhas é indispensável no inverno na Alemanha. Pode ser um gorro de tricô, mas com a trama bem fechada. Fique atento para que o gorro esteja no tamanho certo – se estiver apertado, pode dar dor de cabeça!

Gorros tipo “aviador”, que cobrem melhor as orelhas, são bastante utilizados por adultos, mas principalmente por crianças. Alguns desses gorros são forrados de lã ou fleece por dentro, e, por isso, eles costumam ser mais quentinhos que os gorros normais.

Existem também protetores auriculares que cumprem bem a sua função. Se estiver fazendo muito frio, você poderá utilizá-lo em conjunto com o gorro. O único problema é que, com ele, você escutará um pouco menos.

Não se esqueça também de usar um casaco que tenha capuz! Além do gorro, o capuz do casaco ajuda muito a proteger da neve e do frio.

Protegendo o pescoço

Utilize um bom cachecol para proteger o pescoço! Eu prefiro aqueles de lã com algodão, que são bem grandões e que dão várias voltas no pescoço (eles se parecem com um cobertorzinho). Se o frio apertar, eles servem também para proteger parte do nariz e do rosto.

Além disso, dê preferência a casacos que tenham uma “gola alta”, que também ofereçam proteção à parte do pescoço.

Dica: a Zara tem uns cachecóis ótimos, adoro os de lá! Além de quentinhos são bem bonitos. Sim, porque às vezes vejo uns cachecóis bem bonitos nas lojas que não esquentam nada… 

Casaco para o inverno na Alemanha

Inverno na Alemanha - Como se vestir

Difícil dizer qual o melhor casaco para o inverno na Alemanha. Pela minha experiência, sugiro dar preferência para casacos de nylon, que impedem a entrada do vento.

Para quem vai enfrentar o inverno na Alemanha, o indico aqueles que são tipo jaqueta, que vão só até a cintura, mas aqueles que vão até mais um pouco abaixo, ajudando a proteger parte das pernas.

O casaco que uso no auge do inverno na Alemanha é aquele que é formado por “várias almofadinhas”, bem “gordinho” mesmo (como o da foto acima). Seu enchimento é de penas, ele tem proteção para o pescoço, capuz com pelinhos e bolso forrado com fleece, o que faz as minhas mãos ficarem mais confortáveis e menos geladas. Com ele, normalmente utilizo apenas uma blusa de malha por baixo, às vezes, também com uma camiseta sem manga. Se o frio estiver muito forte, visto também um casaquinho de linha, moletom ou lã. Só isso já é suficiente (mas preciso dizer que sou bem calorenta – hehehehe).

Frequentemente, os casacos comprados em “lojas normais” do Brasil não servem para o frio no inverno na Alemanha. Nas lojas de inverno brasileiras, existem sim bons casacos, mas os preços são uma exploração. A minha sugestão é que, se possível, você deixe para comprar um bom casaco aqui. Além de pagar bem menos, você conseguirá algo mais adequado ao inverno rigoroso.

Uma consideração sobre a famosa “segunda pele”: sei que muita gente vem pra cá usando aquelas blusinhas térmicas de segunda pele. Eu tenho horror a esse tipo de roupa – basta entrar em um local aquecido para começar a torrar! Acho que com um bom casaco (e talvez também com um casaquinho de lã ou moletom por cima), a segunda pele na parte de cima do corpo é totalmente dispensável. Mas é só a minha humilde opinião – hehehehehe. Afinal, o frio é algo muito subjetivo: uns sentem mais, outros menos.

Para evitar mãos geladas no inverno na Alemanha

As mãos são o ponto fraco de 9 entre 10 pessoas durante o inverno. No meu caso, é o local onde mais sinto frio, mesmo estando com o corpo todo agasalhado.

Compartilhando a minha experiência com luvas, posso dizer que já usei de todos os tipos, desde as caras até as mais baratinhas, das impermeáveis às totalmente normais. Já usei inclusive duas luvas em casa mão. Mas, no meu caso, em dias extremamente frios do inverno na Alemanha, nem isso adiantou muito.
Inverno na Alemanha - Como se vestir

O que realmente esquenta as minhas delicadas mãozinhas no inverno na Alemanha é uma invenção genial: uma almofadinha descartável que se mantém quente por até 6 horas (imagem acima). Basta retirá-la da embalagem plástica, sacudi-la e começar a ser feliz com o calorzinho que vem de lá de dentro. Essa almofadinha pode ser colocada nos bolsos do casaco ou dentro das luvas. É a melhor solução para espantar o frio nas mãos, eu garanto!

A parte chata é que não é tão fácil encontrá-la nas lojas: eu comprei uma caixa com dezenas na Decathlon de Munique por cerca de 12 Euros (um ótimo preço!). No entanto, cada vez mais elas podem ser encontradas em farmácias, como a DM e a Müller. Você deve procurar por uma embalagem em que esteja escrito “Handwärmer” (“esquentador de mão”).

Aquecendo as pernas

Esqueça as meia-calças finas, elas não adiantam de nada. Por baixo da calça, utilize uma segunda pele mais grossa, uma legging térmica, ou uma meia-calça grossa forrada com fleece por dentro. A Uniqlo tem vários tipos de segunda pele térmicas que seguram bem o calor do corpo. A Primark também vende uma meia-calça com fleece que é bem eficiente e batatinha.

Sugiro também utilizar nos pés uma meia 3/4, que ajudará a proteger as pernas até a altura dos joelhos.

Ah, e também não sou fã da calça jeans no inverno na Alemanha, por dois motivos:

  1. Quando vestimos muitas camadas de roupas, ficamos nos sentindo meio “presos”, com os movimentos um pouco restritos. Com a calça jeans, essa sensação piora, na minha opinião.
  2. A calça jeans gela no frio. Por isso, as aboli completamente nesta época do ano.
A calça legging é uma ótima opção e dá mobilidade. Gosto das de veludo, que ajudam a esquentar bastante!

Nada de pés frios!

Inverno na Alemanha - Como se vestir

Os pés também precisam ser muito bem agasalhados, porque eles ficam muito próximos ao chão. Assim, dê preferência a calçados com solas mais grossas, não se esquecendo de que sapatos devem ter travas (ranhuras na sola), caso você vá a um local que tenha a possibilidade de queda de neve.

As botas ou sapatos de inverno também devem ser forradas por dentro. As que são apenas de couro costumam gelar os pés. Ah, e as solas muito fininhas também deixam passar o frio, então aposte nas mais robustas para enfrentar bem o inverno na Alemanha!

Sabe aquela almofadinha mágica e quentinha para aquecer as mãos, que mencionei logo acima? Ela também existe em uma versão para os pés, que os deixa aquecidos por horas. Muito legal mesmo!

Você pode procurar por meias para ski ou meias térmicas. Elas são bem mais grossas que as meias normais de tênis e costumam aguentar bem o frio. Mas nada de deixar o pé apertado dentro do sapato! Se o sangue não circula bem, você sente mais frio!

Uma outra dica valiosa é sempre ter à mão um segundo par de meias. Ocupa pouco espaço na bolsa e pode salvar o seu dia!

Uma dica sobre marcas de botas de inverno:

  • Acho as botas da Timberland excelentes. Na minha opinião, são as que menos escorregam nos dias em que o gelo começa a derreter. A minha nem sai do pé no inverno na Alemanha – acho que já sai de casa sozinha.
  • As botas da marca Panama Jack também são ótimas e quentinhas. Tenho uma de cano alto que é bem confortável também.

Onde comprar roupas de frio para o inverno na Alemanha

É bem fácil encontrar acessórios variados e casacos bons e de todos os preços aqui na Alemanha, principalmente se você vier para cá no Outono e no Inverno.

Algumas lojas que recomendo são:

  • C&A: bem diferente da C&A brasileira, costuma ter casacos bons a ótimos preços.
  • Zara: tem casacos bem bonitos e quentinhos, além de cachecóis ótimos.
  • Galeria Kaufhof e Karstadt: são lojas de departamento com variedade de roupas de inverno e acessórios, onde você encontra tudo o que precisa para se agasalhar no inverno.
  • Primark: as roupas de lá não têm uma qualidade excelente, mas são baratas e podem ser uma boa solução para quem não quer gastar tanto.
  • Decathlon: ótimos preços e boa qualidade.
  • Uniqlo: é uma marca japonesa com ótima variedade de produtos para o inverno.
  • Accessorize: costuma vender uns acessários bem bonitinhos para o inverno na Alemanha.
Márcia Oliveira é uma carioca completamente apaixonada por viagens. Atualmente mora em Munique, na Alemanha, onde trabalha como guia de turismo para brasileiros. É formada em jornalismo, tem paixão por fotografia e tecnologia. Ama a família e os animais. Aprecia as coisas simples da vida. E adora escrever no blog e receber mensagens dos leitores!