Zugspitze, a montanha mais alta da Alemanha

Visitar o Zugspitze, a montanha mais alta da Alemanha, é um programa imperdível para quem vem a Munique! Em qualquer época do ano, e não só no inverno, a viagem ao Zugspitze é praticamente obrigatória para quem quer apreciar os Alpes de um ponto de vista altamente privilegiado, a 2962 metros de altura.

Localizado no extremo sul da Alemanha, na fronteira com a Áustria, o Zugspitze é uma das mais famosas e procuradas regiões para a prática de esportes de inverno.

Mesmo que você não deseje esquiar ou fazer caminhadas nas montanhas, o Zugspitze é um grande mirante com paisagens espetaculares, que oferece panoramas incríveis da Baviera, na Alemanha e da Região do Tirol, na Áustria. Aliás, em dias com céu claro e boa visibilidade, é possível avistar montanhas não só da Alemanha e da Áustria, como também da Itália e Suíça.

Um dia lindo de verão no topo da Alemanha

Como é a subida para o Zugspitze

A subida para o Zugspitze começa na cidade Garmisch-Partenkirchen, de onde sai o trem rumo à montanha mais alta da Alemanha. Existem duas formas de chegar lá em cima: somente de trem ou combinando trem e teleférico.

O teleférico que sobe até o Zugspitze é um bondinho de última geração. Ele oferece uma visão panorâmica dos Alpes, de algumas cidades da Baviera e até mesmo de Munique, ao longe, nos dias mais claros.

A subida é de deixar qualquer um boquiaberto! E por ser ultramoderna, a cabine faz o seu percurso de maneira muito suave, levando cerca de 120 pessoas por vez ao topo da Alemanha.

O trem e o teleférico (bondinho) de última geração na subida ao Zugspitze

Eu recomendo sempre a combinação trem+teleférico por três motivos: você atinge o topo em menos tempo, tem a opção de conhecer um lindo lago alpino verde-esmeralda (o Eibsee) e ainda desfruta da maravilhosa vista do teleférico!

As águas cristalinas do Eibsee, a 1000 metros de altitude. Este lago costuma congelar no inverno. No verão, é um local muito procurado para passeios de barco e caminhadas.

Lá em cima

Ao atingir o topo do Zugspitze, a 2962 metros de altura, você terá acesso a um terraço incrível para apreciar a paisagem do lado alemão e a outro ponto panorâmico do lado austríaco. Lá no alto há também restaurantes, uma estação meteorológica, um centro de pesquisas do meio ambiente.

O ponto culminante é este à direita onde existe uma cruz dourada. A vista lá de cima é realmente espetacular!

Aliás, sabia que, lá em cima, você pode passar para o território da Áustria apenas atravessando uma pequena passarela? Um mar de montanhas e picos nevados estará a seus pés!

Mirante austríaco (à esquerda) e alemão (à direita). Ao atravessar uma passarela, você acessa o território austríaco e tem também uma vista incrível da região do Tirol.

Além do topo da Alemanha, você poderá visitar o Zugspitzplatt, que fica a 300 metros abaixo do Zugspitze e pode ser acessado por meio de um outro teleférico. Lá se encontram uma geleira, restaurantes e pistas de ski (inclusive de ski bunda).

As diferentes paisagens do Zugspitzplatt no verão e no inverno.

No inverno há também um enorme iglu que funciona como hotel e bar. Se desejar, você poderá pernoitar neste lugar, deitado sobre uma cama de gelo (dentro de um saco de dormir), em um quarto decorado com esculturas de gelo! Os quartos do hotel não me parecem tão confortáveis, mas, sem dúvida, oferecem uma experiência ímpar a seus hóspedes! Ah, e tem mais: sabia que o hotel conta ainda com uma piscina/Jacuzzi aquecida ao ar livre?

O hotel fica em um iglu e tem vários quartos com esculturas de gelo. Bem exóstico, não?

Zugspitze em um bate-volta saindo de Munique

Munique é o ponto de partida perfeito para conhecer o Zugspitze. Em pouco mais de uma hora, chega-se a Garmisch-Partenkitchen para iniciar a subida ao topo da Alemanha. O passeio pode ser feito em um dia inteiro e é obrigatório para quem visita a região da Baviera. Você pode ter certeza de que este será um dos dias mais inesquecíveis de sua viagem!

Zugspitze com guias brasileiras
Nós oferecemos um passeio privativo ao Zugspitze saindo de Munique ao longo de todo o ano e teremos prazer em acompanhar você e seu grupo ao ponto mais alto da Alemanha. Nossas guias são brasileiras não apenas se responsabilizarão pela organização passeio em si, como também por otimizar o seu tempo nos pontos de maior interesse. Para mais informações sobre nossos tours em português para brasileiros em Munique e na região da Baviera, é só entrar em contato conosco!

Curiosidades

Você sabia que, originalmente, o Zugspitze fazia parte do território austríaco? Pois é… A porção norte da montanha foi doada em 1854 para a princesa Sissi da Baviera pelo seu marido, o imperador austríaco Francisco José, como uma prova de amor, na ocasião de seu casamento. O imperador, na época, disse que o presente era pra que “a Alemanha pudesse ter uma montanha de verdade”. Obrigada, Francisco! 🙂

Ah, e tem mais uma curiosidade: a capela que fica no Zugspitzplatte, a cerca de 2.600 metros de altura, é a igreja mais próxima do céu na Alemanha. Apesar de compacta, ela é uma gracinha!

Sobre Márcia Oliveira 94 Artigos
Márcia Oliveira é uma carioca completamente apaixonada por viagens. Atualmente mora em Munique, na Alemanha, onde trabalha como guia de turismo para brasileiros. É formada em jornalismo, tem paixão por fotografia e tecnologia. Ama a família e os animais. Aprecia as coisas simples da vida. E adora escrever no blog e receber mensagens dos leitores!

2 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*