Como se vestir no inverno da Alemanha

Eu trabalho como guia para brasileiros e, durante os passeios, presencio muitas situações em que o turista brasileiro subestima o frio que faz por aqui. Por isso, resolvi escrever algumas dicas sobre como se vestir no inverno da Alemanha para que você possa aproveitar a sua viagem no período mais frio com maior conforto e menos preocupações. Vamos lá!

Como se vestir no inverno da Alemanha – Acessórios para a cabeça

Um gorro que cubra as orelhas é indispensável. Pode ser um gorro de tricô, mas com a trama bem fechada. Fique atento para que o gorro esteja no tamanho certo – se estiver apertado, pode dar dor de cabeça!

Gorros tipo “aviador”, que cobrem melhor as orelhas, são bastante utilizados por adultos, mas principalmente por crianças. Alguns desses gorros são forrados de lá por dentro, e, por isso, eles costumam ser mais quentinhos que os gorros normais.

Ter um protetor auricular por perto também é recomendável. Se estiver fazendo muito frio, você poderá utilizá-lo em conjunto com o gorro. O único problema é que, com ele, você escutará um pouco menos.

Não se esqueça também de usar um casaco que tenha capuz! Além do gorro, o capuz do casaco ajuda muito a proteger da neve e do frio.

Como se vestir no inverno da Alemanha – Protegendo o pescoço

Utilize um bom cachecol para proteger o pescoço! Eu prefiro aqueles de lã com algodão, que são bem grandões e que dão várias voltas no pescoço. Se o frio apertar, eles servem também para proteger parte do nariz e do rosto.

Além disso, dê preferência a casacos que tenham uma “gola alta”, que também ofereçam proteção à parte do pescoço.

 Como se vestir no inverno da Alemanha – Casaco

Difícil dizer qual o melhor casaco para o inverno na Alemanha. Pela minha experiência, sugiro dar preferência para casacos de nylon, que impedem a entrada do vento.

Não indico aqueles que são tipo jaqueta, que vão só até a cintura, mas aqueles que vão até mais um pouco abaixo, ajudando a proteger parte das pernas.

O casaco que uso no auge do inverno é aquele que é formado por “várias almofadinhas”, bem “gordinho” mesmo (como o da foto acima). Seu enchimento é de penas, ele tem proteção para o pescoço, capuz com pelinhos e bolso forrado com fleece, o que faz as minhas mãos ficarem mais confortáveis e menos geladas. Com ele, normalmente utilizo apenas uma blusa de malha por baixo. Se o frio estiver muito forte, visto também um casaquinho de linha. Só isso já é suficiente!

Normalmente, os casacos comprados em “lojas normais” do Brasil não servem para o frio da Alemanha. Nas lojas de inverno brasileiras, existem sim bons casacos, mas os preços são uma exploração. A minha sugestão é que, se possível, você deixe para comprar um bom casaco aqui. Além de pagar bem menos, você conseguirá algo mais adequado ao inverno rigoroso.

Sobre a famosa segunda pele: sei que muita gente vem pra cá usando aquelas blusinhas térmicas de segunda pele. Eu tenho horror a esse tipo de roupa – basta entrar em um local aquecido para torrar! Acho que com um bom casaco, a segunda pele na parte de cima do corpo é totalmente dispensável.

Como se vestir no inverno da Alemanha – Para evitar mãos geladas

As mãos são o ponto fraco de 9 entre 10 pessoas durante o inverno. No meu caso, é o local onde mais sinto frio, mesmo estando com o corpo todo agasalhado.

Compartilhando a minha experiência com luvas, posso dizer que já usei de todos os tipos, desde as caras até as mais baratinhas, das impermeáveis às totalmente normais. Já usei inclusive duas luvas em casa mão. Mas, no meu caso, nem isso adiantou muito.

O que realmente esquenta as minhas delicadas mãozinhas é uma invenção genial: uma almofadinha descartável que se mantém quente por até 6 horas (imagem acima). Basta retirá-la da embalagem plástica, sacudi-la e começar a ser feliz com o calorzinho que vem de lá de dentro. Essa almofadinha pode ser colocada nos bolsos do casaco ou dentro das luvas. É a melhor solução para espantar o frio nas mãos, eu garanto! O chato é que não é tão fácil encontrá-la nas lojas: eu comprei uma caixa com dezenas na Decathlon de Munique por cerca de 12 Euros (um ótimo preço!).

Como se vestir no inverno da Alemanha – Aquecendo as pernas

Esqueça as meia-calças finas, elas não adiantam de nada. Por baixo da calça, utilize uma segunda pele mais grossa, uma legging térmica, ou uma meia-calça grossa forrada com fleece por dentro.

Sugiro também utilizar nos pés uma meia 3/4, que ajudará a proteger as pernas até a altura dos joelhos.

Como se vestir no inverno da Alemanha – Nada de pés frios!

Os pés também precisam ser muito bem agasalhados, porque eles ficam muito próximos ao chão. Assim, dê preferência a calçados com solas mais grossas, não se esquecendo de que sapatos devem ter travas, caso você vá a um local que tenha a possibilidade de neve.

Sabe aquela almofadinha mágica e quentinha que mencionei logo acima? Ela também tem uma versão para os pés que os deixa aquecidos por horas. Muito legal mesmo!

Você pode procurar nas lojas por aqui por meias para ski ou meias térmicas. Elas são bem mais grossas que as meias normais de tênis e costumam aguentar bem o frio.
Uma outra dica valiosa é sempre ter à mão um segundo par de meias. Ocupa pouco espaço na bolsa e pode salvar o seu dia!

Como se vestir no inverno da Alemanha – Onde comprar roupas de frio

É bem fácil encontrar acessórios variados e casacos bons e de todos os preços aqui na Alemanha, principalmente se você vier para cá no Outono e no Inverno.

Algumas lojas que recomendo são:

  • C&A: bem diferente da C&A brasileira, costuma ter casacos bons a ótimos preços.
  • Zara: tem casacos bem bonitos e quentinhos, além de cachecóis ótimos.
  • Galeria Kaufhof e Karstadt: são lojas de departamento com variedade de roupas de inverno e acessórios, onde você encontra tudo o que precisa para se agasalhar no inverno.
  • Primark: as roupas de lá não têm uma qualidade excelente, mas são baratas e podem ser uma boa solução para quem não quer gastar tanto.
  • Decathlon: ótimos preços e boa qualidade.

Aqui em casa, nossos casacos pesados de inverno são da Decathlon, e não temos nada a reclamar – nem da qualidade nem do preço! Aliás, no Brasil (pelo menos no Rio de Janeiro), acredito que o melhor lugar para comprar roupas de frio com um melhor custo/benefício seja justamente a Decathlon!

Sobre Márcia Oliveira 79 Artigos
Márcia Oliveira é uma carioca completamente apaixonada por viagens. Atualmente mora em Munique, na Alemanha, onde trabalha como guia de turismo para brasileiros. É formada em jornalismo, tem paixão por fotografia e tecnologia. Ama a família e os animais. Aprecia as coisas simples da vida. E adora escrever no blog e receber mensagens dos leitores!

16 Comentário

  1. Ola Marcia , estou querendo ir a Alemanha para ver as feiras de natal em algumas cidades. Gostaria de saber se em fim de novembro ja esta frio o bastante para precisar de roupa especial. Voce tem alguma dica sobre as feiras de natal, e qual vale mais a pena?Ana Maria

    • Oi Ana, tudo bem? Eu viajaria para a Baviera, que tem as feiras de Natal mais tradicionais. Em Novembro já pode estar frio sim, principalmente para os nossos padrões brasileiros. Feiras de Natal que valem a pena em Munique, Nuremberg, Rothenburg (mas também há feiras lindas no resto da Alemanha). Em Munique existem talvez mais de 10 acontecendo simultaneamente. Se você usar Munique como base, poderá conhecer as outras cidades em um bate-volta. Aqui tem um vídeo que fiz no ano passado sobre as feiras de Natal de Munique: https://www.youtube.com/watch?v=bI_A08PCvgA
      Abraços!

  2. Márcia..

    Tudo bem?

    Que dicas preciosas!!!!!

    Estou indo para a Alemanha agora no final de Abril/2017. Como é a questão do frio? Estou pensando em levar varios casacos e usá-los juntos até cessar o frio, isso funciona? Kkkk.. tenho casacos iguais ao que vc citou, esses “fofinhos”, mas ainda assim acredito q nao resista.. Me ajuda nessa parte, por favor, para eu fazer a mala, sem passar frio!
    Estou indo para estudar e me aperfeiçoar na minha área, estou super animado!!!

    • Oi Julio, tudo bem?
      Olha, já estamos na primavera, então você não precisa se preocupar tanto com isso. Claro, traga casacos, mas não espere pegar temperaturas muito baixas quanto no inverno. Hoje, por exemplo, tirei o casaco durante algumas horas enquanto fazia um tour na rua, porque abriu o sol. Enfim, prepare-se, mas não precisa exagerar. 🙂
      Abraços!

  3. Oi Marcia. Bom dia. Eu e minha esposa vamos para Munique em dezembro/Janeiro visitar nossa filha que vai ficar aí algum tempo. Como deve ser uma data de muito frio, lhe pergunto, é melhor comprar a roupa de frio aí mesmo? o que voce recomenda para um casal com mais de 50 anos? Obrigado.

  4. Boa noite Marcia. Sou uma pessoa que veste plus size e gostaria de saber se há lojas que vendem
    Casacos desse tamanho? Vou para a Alemanha no final de janeiro!

  5. Olá Márcia.

    Vou para Frankfurt em fevereiro/2018. Nesta época o frio continua forte?

    Nossa botas de inverno brasileiro são suficientes?

    Obrigada!
    Danielle Santos

    • Oi Danielle!
      Em fevereiro ainda faz bastante frio. É importante que a bota tenha travas na sola, que evitam que você escorregue na neve (caso tenha neve na época). E é importante também que ela seja forrada, pra que não sinta tanto frio no pé. Abraços!

  6. Olá Márcia, tudo bem?
    Farei Amsterdam e arredores, Alemanha, Praga e Suíça em janeiro/fevereiro próximos (40 dias). Com tempo de sobra decidi incluir a Alemanha no roteiro. Tenho tudo organizado exceto na Alemanha, razão pela qual estou à procura de um guia. Minha ideia para a Alemanha é Colônia, Berlim e Desdren, de onde vou para Praga, e de lá para a Suíça. A pergunta é se vc só faz Monique e arredores ou cobre outras regiões também?
    Bacana ter explicado direitinho a questäo das roupas. Obda.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*